Apatia, assertividade e agressividade

Tenho tentado andar nessa corda bamba, não caindo para a apatia, nem ultrapassando para o lado da agressividade. Meu maior problema é a agressividade. Como fazer para ser altamente assertivo, muito intenso, sem ser agressivo?

Um caminho, que tem funcionado para mim, é se colocar na posição do outro, pensar como se estivesse do outro lado. Tem funcionado, me sinto mais humano, mesmo quando preciso de velocidade.

Li outro dia uma dica de livro que se chamava Legado de liderança, ou algo assim, que dizia que em todas as interações em que você está liderando, procure pensar no longo prazo, no que gostaria de deixar como legado pessoal/profissional e procure adaptar essa situação específica e momentânea a esse seu objetivo maior de longo prazo. Fez sentido e quando usei, funcionou.

Talvez eu tenha que exercitar mais meu lado “zen”. O que é difícil nessa corrida toda. Por outro lado, pensar e tentar praticar a intensidade, a presença, sem agressividade já tem me ajudado.

 

1 Comment


  1. Adorei este texto que escreveste.