Posts Tagged ‘propaganda’

Luiz Alberto Marinho (@luizmarinho), sócio-diretor da GSBW, no #MitA #031

Comments Off on Luiz Alberto Marinho (@luizmarinho), sócio-diretor da GSBW, no #MitA #031
 |  by  |  man in the arena, vídeo, videopodcast  |  Comments Off on Luiz Alberto Marinho (@luizmarinho), sócio-diretor da GSBW, no #MitA #031

Neste episódio (#031) do Man in the Arena, um bate papo com Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da GS&BW, consultoria especializada em marketing de varejo e shopping centers.

Leia mais

Propaganda demonstrativa

Propaganda demonstrativa

Ouvi ano passado, no MIXX 2009, em NY, que a propaganda se tornaria cada vez mais informativa, mais demonstrativa. Eu achei meio contra-senso quando ouvi, mesmo vindo de um papa da propaganda mundial, mas vejo cada vez mais que faz sentido.

Leia mais

Palestra-entrevista com Marcello Serpa, da AlmapBBDO, na Casa do Saber

Picture 2

Marcello Serpa foi o terceiro palestrante-entrevistado do curso Grandes Publicitários na Casa do Saber. Me pareceu o mais “artista” entre Alexandre Gama e Nizan Guanaes. Disse ser “um eterno garoto de 7 anos, segurando uma antena”, que capta tendências, entende o que está no ar.

Minhas anotações, comentários e frases do Marcello Serpa

  • Aos 15 anos, sentiu necessidade de viajar e foi para Europa.
  • Procurou fazer arte aplicada. Começou designer, terminou publicitário.
  • É incrível como as relações entre esses “grandes publicitários” parece ser estremecida, como que enormes egos sempre se chocando. Fiquei com essa impressão na palestra dele, quando fala de outros profissionais.
  • “Diretor de arte era chamado de decorador de anúncio (DA)”, sobre como sua função era criticada por redatores.
  • “Sempre tive ídolos, em cada fase da vida”. Depois, com tempo, deixou de ter ídolos. Disse que a relação ficou mais humana, mais próxima, mais de igual para igual. Achei interessante e correto.
  • O mercado de publicitário está em SP. Nizan comentou a mesma coisa, de outra forma. Não adianta querer ter uma agência nacional com sede no Rio ou em Salvador.
  • “Liderança não é título, se exerce pelo exemplo e com empatia”. Quer levar seus liderados “a um lugar melhor”, ou seja, quer ajudá-los a ir mais longe. O Petit (da DPZ) fazia isso e tenta fazer isso sempre, com todos que trabalham com ele. “Já fui líder sem ter cargo”.
  • “Sucesso é reconhecimento”. Mas é preciso ter cuidado com o ego, que “pode ficar gordo, e o colesterol do ego faz mal”.
  • De uma maneira humilde até falou da sorte e do acaso. Chegou onde chegou também com a ajuda do destino. “Talento existe sim, mas um talento específico”. E ele também acredita na intuição.
  • “Não sou piloto de avião”, sobre poder errar na publicidade. “O máximo que vai acontecer é perder a conta do cliente”, não é o fim do mundo. Deve ser difícil praticar isso na vida real. E deve ser mais difícil ainda assumir os erros, numa profissão de tanta imagem, e egos “com colesterol”. :-)
  • “Talento em publicidade é associar coisas diferentes, que combinam quando juntas. É a síntese. É ver o óbvio.” Gostei muito dessa explicação. Simples.
  • “Só aprendi a ter sócios depois dos 35 anos”. “Não sou empresário”. Não quero ter chefe.
  • “É preciso acreditar na felicidade. A vida tem que ser gostosa”.
  • “Nenhuma sociedade que aboliu Deus sobreviveu”.
  • Fazer “propaganda é vender”.

O que mais gostei

Para fazer uma boa campanha é preciso apenas responder duas perguntas:

  1. Defina o problema do cliente. Onde você precisa chegar? Qual o posicionamento, qual a mensagem? Há uma única resposta para isso.
  2. O que precisa ser dito é relevante, convence?

“Toda ideia boa cabe em uma frase”, sobre simplicidade e como fazer um teste matador para saber se você está no caminho certo.

É preciso simplificar, resumir seu conceito, seu produto em apenas uma frase, que explica, vende e convence o cliente. Antes de se procurar fazer uma campanha, é preciso responder as duas perguntas chave: 1-qual o desafio? e 2-alcançando esse desafio, você conseguiu vender o produto?

Gostei muito disso, pois acredito que esse exercício bem feito: resumo, problema e checagem da solução, pode aumentar incrivelmente o resultado de um trabalho de marketing. Tenho a impressão de que é muito comum campanhas e estratégias que não levam esses simples conceitos em conta.

Esses dois tópicos acima (2 perguntas, e ideia numa frase) valeram a noite. Uma ótima reflexão sobre todos os materiais promocionais que fazemos. Fiquei pensando no que produzo e no que consumo, e me dei conta, que muitas vezes não se consegue atender a esses dois critérios tão básicos: entender o problema, e resolve-lo, de forma simples.

Se você gostou, leia os outros posts, da série Grandes Publicitários.

Veja também uma imagem que achei no site da agência dele, que gostei.

Picture 3

Vou fazer o curso Grandes Publicitários, da Casa do Saber

Começa agora em agosto um novo curso na Casa do Saber – Grandes Publicitários. No mesmo formato do curso Grandes Executivos, que fiz o ano passado e gostei muito. Esse curso terá 6 convidados, Celso Loducca será o entrevistador.

Acho que será muito interessante e me animei a fazer pelos seguintes motivos:

  • Conhecer, aprender e entender com publicitários extremamente bem-sucedidos.
  • Entender mais sobre o “meio” agências de publicidade.
  • Conhecer pessoas inteligentes com interesses similares aos meus
  • Me divertir e me entreter conhecendo mais sobre a vida profissional, que deve ter algumas passagens engraçadas.
  • O curso anterior foi muito bom: gente inteligente, bom humor, aprendizado e boas conversas antes, durante e depois do curso.

Começa dia 4 de agosto. Veja quem são os convidados:

  • Alexandre Gama. Publicitário. É diretor de criação, sócio e presidente da Neogama/BBH.
  • Nizan Guanaes . Publicitário, diretor da agência África, presidente e diretor de criação da agência DM9DDB.
  • Marcello Serpa. Publicitário. É sócio e diretor geral de criação da AlmapBBDO.
  • Washington Olivetto. Publicitário e criador da agência W/Brasil.
  • Roberto Justus. Publicitário e empresário. É CEO do grupo Newcomm e vice-presidente da Y&R. Dirigiu o programa “O Aprendiz”, da Rede Record.
  • Fabio Fernandes. Publicitário. É presidente e diretor de criação da F/Nazca Saatchi & Saatchi.

Na crise, invista em propaganda, diz The Economist

Comments Off on Na crise, invista em propaganda, diz The Economist
 |  by  |  internet, marketing  |  Comments Off on Na crise, invista em propaganda, diz The Economist

economist_ad_on_the_edge

A revista inglesa The Economist preparou uma apresentação (postada no slideshare) que conseguiu juntar todas as qualidades da revistas, em especial informação de alto nível e cuidado com a diagramação, com uma preparação impecável dos slides. No melhor estilo Presentation Zen.

Assista abaixo, que vale a pena, pelas informações e pelo visual.

A dica é do blog Éisso.org e do Brandopia.

Porque a propaganda funciona cada vez menos – uma pista

Comments Off on Porque a propaganda funciona cada vez menos – uma pista
 |  by  |  marketing  |  Comments Off on Porque a propaganda funciona cada vez menos – uma pista

Esse cartoon do Hugh MacLeod sobre propaganda é simplesmente fantástico.

ifyoutalkedtopeople

Preste atenção aos anúncios, aos vídeos institucionais, aos folders de inúmeras empresas, que você recebe-vê-escuta diariamente. Tente imaginar uma pessoa falando isso para você, tentando te convencer a comprar alguma coisa.

Uma frase que pode se tornar um excelente teste para verificar se uma propaganda vai funcionar ou não. Parece muito simples, mas acho que a maioria não passa nesse teste básico. Vou adotar como teste 101 dos meus materiais de marketing.

É incrível, esse cara é mesmo um artista.

Bebes gostam de água

YouTube Preview Image

Ótima propaganda.